Horizon / Plein textes La base de ressources documentaires de l'IRD

IRD

 

Publications des scientifiques de l'IRD

Garcia Magalhaes Peres L., Gurgel H., Laques Anne-Elisabeth. (2018). Dinâmica da paisagem em planícies de inundação amazônicas : o caso do Lago Grande do Curuai, Pará, Brasil. Confins, 35, art. no 13010 [23 p. en ligne]

Accès réservé (Intranet IRD) Demander le PDF

Lien direct chez l'éditeur doi:10.4000/confins.13010

En Libre Accès sur HAL https://hal.archives-ouvertes.fr/hal-01836373

Titre
Dinâmica da paisagem em planícies de inundação amazônicas : o caso do Lago Grande do Curuai, Pará, Brasil
Année de publication2018
Type de documentArticle référencé dans le Web of Science WOS:000451090600006
AuteursGarcia Magalhaes Peres L., Gurgel H., Laques Anne-Elisabeth.
SourceConfins, 2018, 35, art. no 13010 [23 p. en ligne]
RésuméAs planícies de inundação amazônicas são áreas de grande importância econômica, social e ecológica. A ocupação desses ambientes complexos e frágeis traz variados impactos. Esse estudo pretende analisar dinâmicas de alteração de uso e cobertura da terra em uma região de planície de inundação, próximo a cidade de Santarém (PA), sendo a bacia hidrográfica do Lago Grande do Curuai o foco da pesquisa. Para isso foram utilizadas geotecnologias associadas à métricas de paisagens, e uma análise a partir de dois recortes geográficos distintos na mesma área de estudo. O primeiro recorte geográfico é equivalente a toda a bacia hidrográfica, tendo foco na análise da cobertura vegetal natural, correspondente as florestas de terra firme e de várzea; o segundo recorte diz respeito a divisão da área de estudo em seis zonas de paisagem, sendo que essa divisão levou em conta os sistemas produtivos e as características de uso da região em sua delimitação. Foram classificadas imagens dos satélites Landsat 5 e 7, dos anos de 1985, 1997 e 2014. As métricas de paisagem permitiram estabelecer padrões da paisagem, facilitando a comparação entre os momentos distintos. No primeiro recorte, as métricas apontam para uma dinâmica moderada no período; embora haja uma diminuição das áreas de floresta de terra firme, a classe em que há maior aumento é a de vegetação secundária/capoeira. Ocorrem aumentos das áreas de pastagem, entretanto as áreas de cultivo de roça mantêm-se estáveis. As áreas de pasto e roça ocorrem de forma dispersa no território e em pequenas parcelas; essa dinâmica apontada pela classificação é um indicativo de que as áreas de cultivo ocorrem de forma rotacionada, com a ocupação de áreas diferentes que vão se recuperando com o passar do tempo. No segundo recorte, dentre as seis zonas da paisagem, duas são concentradoras de grande parte dos processos de substituição da cobertura vegetal natural por atividades antrópicas, sendo as zonas 3 e 4 as que tem mais alteração da paisagem. A análise em recortes geográficos distintos permitiu identificar que a área de estudo possui padrões heterogêneos de ocupação no tempo e no espaço.
Plan de classementTélédétection [126] ; Economie et sociologie rurale [098] ; Hydrologie [062]
LocalisationFonds IRD [F B010073290]
Identifiant IRDfdi:010073290
Lien permanenthttp://www.documentation.ird.fr/hor/fdi:010073290

Export des données

Disponibilité des documents

Télechargment fichier PDF téléchargeable

Lien sur le Web lien chez l'éditeur

Accès réservé en accès réservé

HAL en libre accès sur HAL


Accès aux documents originaux :

Le FDI est labellisé CollEx

Accès direct

Bureau du chercheur

Site de la documentation

Espace intranet IST (accès réservé)

Suivi des publications IRD (accès réservé)

Mentions légales

Services Horizon

Poser une question

Consulter l'aide en ligne

Déposer une publication (accès réservé)

S'abonner au flux RSS

Voir les tableaux chronologiques et thématiques

Centres de documentation

Bondy

Montpellier (centre IRD)

Montpellier (MSE)

Cayenne

Nouméa

Papeete

Abidjan

Dakar

Niamey

Ouagadougou

Tunis

La Paz

Quito